Novidades Fraiha

Segundo apartamento: vale a pena investir no mercado imobiliário?

Muitas dúvidas ainda existem sobre como e onde se deve investir para que se obtenha bons lucros. Até mesmo entre quem deseja ser um futuro investidor. Os investimentos de alto risco são mais lucrativos? Investir o “dinheiro” ou aplicá-lo no mercado imobiliário? Posso investir sozinho ou preciso de um especialista que me acompanhe?

A primeira coisa que se deve ter em mente é que não existe necessariamente uma fórmula mágica. Investimento sempre será o retorno sobre um valor ou bem não usado por determinado período de tempo. O que caracteriza como investimento de alto risco ou não é o tipo de seu retorno (fixo ou variável). Isso depende totalmente de onde o investimento é feito. Pensando assim, será que vale mesmo a pena investir em um segundo apartamento sem correr grandes riscos?

Mercado imobiliário: vale a pena investir?

Quando investimos numa aplicação de renda fixa, temos em mente que sempre saberemos qual será o valor de juros. Assim, temos uma boa previsão de quanto vamos lucrar – o que não acontece nas aplicações de renda variável, de alto risco, por ser justamente o oposto. Escolher num segundo apartamento seria uma espécie de investimento misto: tanto de alto quanto de baixo risco, sendo, sim, um negócio lucrativo.

No que diz respeito à renda fixa, podemos considerar o aluguel de um segundo apartamento, que será reajustado todo ano, possibilitando uma projeção dos ativos anuais. Por outro lado, entretanto, situações macroeconômicas acabam apresentando flutuações no investimento, como as variantes de liquidez e obsolescência, além do ciclo econômico vigente.

Investir no segundo apartamento como PF ou PJ?

Independente do seu perfil investidor  – agressivo, que prefere investimentos de alto risco, moderado ou conservador, que opta por manter-se na zona segura do rendimento fixo, é preciso decidir se manterá seus patrimônios como Pessoa Física (PF) ou Pessoa Jurídica (PJ).

É inegável que os investimentos PJ possuem vantagens tributárias, uma vez que a renda do aluguel será tributada pelo Imposto de Renda a 14.53%. Já para no caso do investimento em PF, o tributo sobe para 27,5%. Assim, ainda que você esteja alugando um segundo apartamento como imóvel domiciliar, considerar abrir um CNPJ pode significar rendas maiores.

Investindo em apartamentos de alto padrão

É importante não aplicar todo o seu poderio de investimento em um único lugar. Diversos fatores e até mesmo o momento econômico pode interferir nas suas expectativas. Mas se existe um setor no mercado imobiliário que se mantém estável, são os condomínios com área de lazer ampla.

Com a correria do dia a dia, cresce a busca por apartamentos em condomínios que prezam por uma área de lazer de qualidade. Ultrapassando o “diferencial”, propiciam ao morador uma experiência completa sem a necessidade de sair de casa. 

 

Ficou interessado sobre a possibilidade de investir em um imóvel e assegurar ativos seguros? Então venha conferir as opções dos apartamentos de alto padrão que a Fraiha Incorporadora oferece para você.