Novidades Fraiha

O que o futuro reserva para o mercado imobiliário?

Anos atrás, era impossível conceber a ideia de se fazer quase todo tipo de compras através da internet. Contrariando os até então mais céticos, a cada ano o mercado do e-commerce cresce, facilitando o dia a dia do consumidor. Hoje, praticamente tudo pode ser comprado sem sair da própria casa. Mas você já imaginou comprar um imóvel de forma totalmente online, com o mínimo de burocracia? Segundo pesquisas, esse é o futuro do mercado imobiliário, e ele pode estar mais próximo do que parece.

Essa é a previsão da Deloitte Auditoria e Consultoria Empresarial, apresentada durante um fórum de inovação empresarial organizado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em junho deste ano. Segundo as tendências, até 2040, mais de 50% dos compradores poderão abrir mão do corretor. Além disso, 40% dos negócios serão feitos de maneira totalmente online. Hoje, algumas etapas do processo de compra de imóveis já são realizadas pela internet. Entretanto, um processo totalmente digital reduziria pelo menos 5% do valor final do investimento. Para realizar a pesquisa, a empresa entrevistou 1.313 brasileiro.

Desafios para a compra digital

A previsão diz muito sobre o que o público espera e como o mercado imobiliário deve se adaptar aos novos tempos. Ainda que algumas etapas do processo de compra já sejam feitas de maneira digital, é preciso que os bancos, incorporadoras e imobiliárias diminuam e adaptem a burocracia para o mundo online. A maioria dos entrevistados, por exemplo, preferem apresentar mais garantias na hora do financiamento, por exemplo, como forma de amenizar o processo demorado de aprovação da compra pelo banco.

Outra exigência que o “mercado imobiliário online” faz é a concentração de todas as informações úteis à compra em um único local, seja app ou site. Em outras palavras, em poucos cliques o comprador deve ter acesso a informações, fotos e vídeos do imóvel que quer comprar, além de acesso fácil a bancos, ferramentas de comparação de imóveis e um grande acervo de informações sobre o bairro em que o investimento está localizado. 

Tendências do mercado imobiliário

A pesquisa também traçou as tendências do consumidor, para que o mercado imobiliário sempre se atualize. Segundo os dados, o quesito segurança é o fator que mais pesa na hora de comprar um imóvel. A lista de prioridades segue com fatores como proximidade do trabalho, centro comerciais (shoppings e comércio de rua) e hospitais.

Entre os compradores mais jovens, a sustentabilidade também foi apontada como fator determinante. Assim, é importante que principalmente as incorporadoras estejam sempre atentas aos projetos sustentáveis que apresentem opções de lazer ao ar livre dentro do próprio condomínio – sem se descuidar do preço.

A sustentabilidade também caminha de mãos dadas com o compartilhamento. Assim, uma grande tendência do mercado imobiliário são justamente as áreas comuns e compartilhadas. A necessidade advém do crescimento do home office. Assim, é preferível que o preço do imóvel se mantenha justo e que o condomínio tenha uma área de trabalho comum.

 

Enquanto o futuro não chega trazendo as compras e imóveis 100% digitais, que tal conhecer um dos empreendimentos Fraiha? Nossos condomínios de alto padrão se localizam em bairros nobres de São Paulo. Além disso, contam com área de lazer completa e conforto, sem nunca se descuidar da segurança.