Veja as melhores práticas e cuidados para vidros na Varanda

Fechar a varanda do apartamento é uma medida que garante diversos benefícios. Além de valorizar o imóvel, a obra cria um espaço excelente para o lazer dos moradores, protegendo aqueles privilegiados metros quadrados do barulho, do vento e das chuvas.

Mas, como toda obra, o fechamento exige alguns cuidados. O uso de vidro na varanda requer atenção para garantir a segurança e a funcionalidade da área, e é preciso ficar alerta também para o que diz a lei, pois nem tudo é permitido ao se fechar o espaço.

Por isso, preparamos este pequeno guia sobre o uso de vidro na varanda. Confira os tipos de estrutura que podem ser utilizados no fechamento e dicas para não ter problemas!

Vantagens da varanda fechada

O uso de vidro na varanda para o fechamento do cômodo não se trata de uma decisão puramente estética. Os moradores ganham em comodidade, e o imóvel se valoriza com Ampliação de  espaço; Conforto, aonde os metros quadrados antes era sujeito a vento, chuva, barulho exterior; Fácil instalação; Ampliação de espaço; Mais opções de moveis por ser uma área fechada.

Os cuidados tomados deve a escolha do material:

Sistema europeu: Este é o modelo mais popular atualmente, principalmente porque permite a abertura total do vão e pode ser aplicado em todos os tipos de varandas. Funciona por meio de um único trilho, por onde correm todas as folhas de vidro.

Sistema Stanley: Neste modelo, o número de folhas de vidro e de trilhos varia de acordo com o tamanho do vão da varanda. Quando o espaço está aberto, todas as chapas ficam ocultas sob um painel fixo. É um modelo que funciona bem em áreas com muito vento.

Sistema versatik: A reduzida abertura do vão em comparação com os modelos europeu e Stanley é a principal desvantagem do sistema versatik.

Tipos de vidros: Temperado, Laminado, Duplo e Termoedurecido

Independentemente do modelo de fechamento escolhido, um dos pontos fundamentais de se avaliar é a segurança proporcionada aos moradores.

Em 2014, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou a NBR 16.259, que estabelece os padrões para a instalação de vidro na varanda.

A norma estabelece desde os requisitos necessários para a instalação do sistema até a forma de cálculo do impacto do mesmo na estrutura do prédio. Por isso, é essencial, ao escolher a empresa que fará o fechamento da varanda do seu imóvel, verificar se o projeto segue o que estabelece a NBR 16.259. Trata-se de uma forma de garantir a segurança da sua residência.